Inserida num hospital com apoio de todas as especialidades, a maternidade do Hospital da Misericórdia de Vila Verde está equipada com os melhores recursos técnicos que permitem responder atempadamente e de forma eficiente a situações emergentes e às necessidades mais exigentes.

A Equipa da Maternidade é constituída por enfermeiros especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia, médicos obstetras, anestesistas e pediatras, que têm por objectivo garantir um atendimento personalizado ao casal, possibilitando segurança e conforto no momento do nascimento do seu filho.

Passo a Passo

Visita a Maternidade

Sabemos que a escolha do local para o parto pode causar alguma ansiedade e que os pais querem assegurar-se de que têm todos os meios humanos e recursos técnicos disponíveis para os apoiar e ao seu bebé neste momento tão especial.

Por isso, o Hospital  da Misericórdia de Vila Verde convida os futuros pais a visitar as suas instalações.

Com a visita programada pretende-se:

  • Elucidar sobre o circuito de admissão ao Hospital.
  • Dar a conhecer os recursos físicos e humanos da Maternidade
  • Visitar o espaço da mamã, o cantinho da amamentação e a sala de partos.

Explicar e tirar dúvidas acerca do que a futura mamã tem que trazer para o dia tão especial.

As visitas são realizadas por uma enfermeira especialista.

A Gravidez

A Gravidez é um período de preparação para a chegada do novo ser, exigindo uma aquisição de conhecimentos e competências específicos. O Curso de Preparação para o Parto e Parentalidade pretende ajudar o casal a viver o momento do parto com confiança, bem como desenvolver um conjunto de capacidades para cuidar do bebé.

Queremos que usufrua com alegria e tranquilidade da Gravidez, recordando esse momento como especial.

Consultas

  • Consulta de Obstetrícia
  • Consulta Pré Natal com Pediatria

Exames

  • Outros exames e análises
    • Citologia cervical
    • Rastreio bioquímico
    • Ecocardiograma fetal
    • CTG

Entrevista

Especialista icon

“Para o grande momento das futuras mamãs, a maternidade, congratula cada uma das mamãs, com uma entrevista personalizada, pessoal e intransmissível para puder conversar com os pais e prepará-los para o grande dia”.

Veja a seguir os elementos essenciais que deve ter consigo para que este grande momento.

O que deve conter a mala da Maternidade?

  • A mala da Mamã

    • 3 camisas de noite bonitas e confortáveis;
      As camisas devem ter abertura na zona do peito, para facilitar a amamentação.
    • 1 Roupão;
    • Meias;
    • 1 Par de Chinelos para o banho;
    • 1 Par de chinelos de quarto;
    • 2 Sutiens de Amamentação;
    • 6 Cuecas confortáveis, pode utilizar se preferir cuecas descartáveis;
    • Pensos higiénicos grandes;
    • Bolsa de higiene pessoal;
    • 1 Muda de Roupa para a saída da Maternidade.
  • A mala do Bebé

    • 5 bodies;
    • 3 calças de interior;
    • 3 pares de meias;
    • 3-5 Babygrows;
    • 1 gorro;
    • 2 casaquinhos;
    • 15 fraldas e toalhitas;
    • 2 mantas;
    • 3 fraldas de pano;
    • 1 toalha de banho;
    • Bolsa de higiene pessoal do RN, com  gel de banho, creme hidratante e  escova macia.
  • Documentação que deve trazer

    • Boletim da Grávida;
    • Cartão de Cidadão;
    • Cartão do Seguro de Saúde;
    • Exames realizados durante a gravidez: ecografias, análises e outros exames relevantes.
  • Não esquecer também

    • Telemóvel e respectivo carregador;
    • Relógio;
    • Máquina Fotográfica/Filmar e respectivo carregador;
    • Caneta e Papel;
    • Kit de Criopreservação, caso tenha adquirido.

O Curso de Preparação para o Parto e Parentalidade

O Curso de Preparação para o Parto e Parentalidade pretende ajudar o casal a viver o momento do parto com confiança, bem como desenvolver um conjunto de capacidades para cuidar do bebé.

Tem a duração de 10 semanas podendo ser  iniciado, a partir das 24-28 semanas de gestação.

Pensado para poder ser frequentado pelo casal, o curso está estruturado em sessões teórico-práticas, na qual serão abordados temas da gravidez, parto, amamentação e cuidados ao bebé; e sessões práticas que preparam física e emocionalmente o casal grávido para o momento do parto.

Caso o marido não possa estar presente, a grávida pode convidar algum familiar ou amigo para frequentar a aula.

Após um encontro, realizado pela enfermeira especialista em saúde materna, é definida a modalidade que mais se adequa às necessidades do casal, podendo a estrutura do curso ser personalizada.

Desta forma, pode optar por frequentar:

– Curso de Preparação para o Parto e Parentalidade, composto por sessões teórico práticas e sessões práticas, a realizar no ginásio ou na piscina, durante 10 semanas.

– Workshops sobre as diferentes temáticas, que podem ser consultados no site da Maternidade.

– Sessões de Preparação Aquática Pré-natal – Estas sessões podem ser compradas individualmente ou em packs de 5 sessões.

Objectivos

  • Promover a educação para a saúde da grávida, feto/recém-nascido e família
  • Capacitar os futuros pais durante a gravidez para a aquisição de conhecimentos e competências

Sessões Práticas

Cada aula abordará todas as temáticas

  • Técnicas de relaxamento
  • Exercícios respiratórios
  • Exercícios de tonificação muscular
  • Exercícios de fortalecimento perineal
  • Treino do período expulsivo

Sessões Teóricas

Em cada aula será abordada uma das seguintes temáticas

  • Amamentação
  • Trabalho de parto e parto
  • Cuidados de higiene e cólica do Recém-Nascido
  • Cuidados no pós parto
  • Segurança e transporte do Recém-Nascido

Destinatários

Grávidas / casal, a partir das 26 semanas de gestação

Local

Maternidade do Hospital da Misericórdia de Vila Verde

Formadoras

Enfermeira especialista em Saúde Materna e Obstétrica

Horários

A definir

Inscrições

A definir

Preçário

Curso de Preparação para o Parto e Parentalidade – 120 euros

 Inclui:

  • 10 Sessões teórico-práticas, com a abordagem de temáticas relacionadas com a gravidez, Parto, Amamentação e Cuidados ao Bebé;
  • Sessões práticas até ao fim da Gravidez no ginásio ou na piscina(Preparação aquática pré-natal);
  • Consultas de Enfermagem de Acompanhamento na gravidez por Enfermeira Especialista de Saúde Materna, de 2ºFeira a Sábado;
  • Apoio telefónico 24 horas, na gravidez e no pós-parto.
  • Apoio no pós-parto – Amamentação e Cuidados ao Bebé.

Sessão Aquática Pré-Natal – 15 euros por casal – com 50 % desconto até ao fim do ano.

5 Sessões Aquáticas Pré-Natal – 50 euros por casal- com 50% desconto até ao fim do ano.

Workshop teórico-prático PPP– 15 euros por casal – com 50% desconto até ao fim do ano.

Vantagens

  • Até ao fim do ano oferta do Curso de Preparação para o Parto e Parentalidade, se optar por Parto na Maternidade- HMVV
  • Após 2017, 50 % de desconto se optar por Parto na Maternidade- HMVV
  • 50% de desconto para colaboradores na SCMVV
  • 10% de desconto na consulta de Pediatria no Hospital Misericórdia de Vila Verde.

O Parto

O Dia do Nascimento do seu Filho

O dia do nascimento do seu filho é um dia muito especial para a sua família e para a equipa multidisciplinar da Maternidade do Hospital da Misericórdia de Vila Verde.

Deverá dirigir-se à Maternidade, que se encontra situada no primeiro piso do Hospital, onde será recebida por uma enfermeira especialista em saúde materna e obstetrícia que a irá acompanhar durante o internamento, na maternidade e no período pós-parto. Durante todo trabalho de Parto e Parto pode estar acompanhada, pelo seu marido ou por alguém significativo para si.

Se estiver programada a realização de uma cesariana, o seu marido poderá igualmente partilhar consigo o momento do nascimento. Um elemento da equipa ocupar-se-á de lhe fornecer as devidas instruções, de forma a garantir a segurança de todos.

Por isso, no dia do nascimento todos os profissionais irão cuidar de si, da sua família, e do seu tesouro, de forma a garantir um atendimento personalizado, possibilitando segurança e conforto, num momento único, especial e memorável.

Analgesia de Parto

O hospital da Misericórdia de Vila Verde tem uma equipa de anestesistas que vão garantir a melhor escolha na analgesia em trabalho de parto, garantindo a sua segurança, a sua colaboração e alegria no momento do nascimento do seu filho.

Anestesia em Cesariana

O hospital da Misericórdia de Vila Verde tem uma equipa de anestesistas, que, em caso de cesariana,  irão garantir a melhor escolha de Anestesia, no momento do nascimento do seu filho, permitindo que usufrua deste momento, com segurança, e de forma tranquila.

Para avaliar se estão reunidas todas as condições para o dia da Cesariana terá agendada uma consulta de enfermagem, com a enfermeira de Anestesia. Caso seja detectada alguma situação que necessite de uma avaliação médica, será encaminhada para consulta de Anestesia.

O internamento na Maternidade do Hospital da Misericórdia de Vila Verde

O tempo de internamento poderá variar entre 2 a 3 dias, de acordo com estado clínico da mamã e do bebé.

Durante estes dias, o pai poderá estar presente 24 horas por dia, sem restrições de visita, de forma a dar todo o apoio à mamã e ao bebé. São também permitidas as visitas de irmãos mais velhos, de forma a facilitar este processo de integração do bebé, no seu seio familiar, permitindo, principalmente para a mamã, a vivência desta experiência de uma forma mais completa.

Perguntas relacionadas com Amamentação

  • Que cuidados devo eu ter com as mamas, enquanto estou a amamentar?

    O banho diário é suficiente para manter uma higiene adequada das mamas enquanto amamenta, colocando apenas um creme de hidratação corporal. Na maioria das situações, se o seu bebé pegar adequadamente na mama, deve apenas, colocar umas gostas de leite sobre a aréola e sobre o mamilo, deixando secar ao ar, não necessitando de aplicar outros cremes específicos.

  • Posso dar chupeta ou tetinas ao meu bebé?

    Os bebés trazem consigo um conjunto de competências que lhes permite sobreviver fora do útero materno. O reflexo de sucção e de deglutição são reflexos inatos, que todos os bebés saudáveis apresentam à nascença. A forma como o bebé mama na mama ou na chupeta pode parecer igual, mas tal facto não é verdade. Os bebés, na mama, mamam de boca bem aberta, com os lábios bem virados para fora, para conseguirem obter o leite precioso, que os faz engordar. Na chupeta, pela configuração, mesmos com as chupetas anatómicas, os bebés mamam de boca mais fechada. Quando nascem, apesar do reflexo de sucção ser inato, os bebés têm de aprender a mamar correctamente. O facto de se lhes introduzir uma chupeta pode complicar o processo de aprendizagem, fazendo com que mamem na mama, como mamam na chupeta. Desta forma, não conseguem obter todo o leite que necessitam e podemos ter o início dos problemas relacionados com a amamentação, nomeadamente ingurgitamento, mastite, bloqueio de ductos, etc..

    Até o processo de aprendizagem da amamentação estar bem estabelecido, o que acontece sensivelmente ao fim de um mês, não devem ser introduzidas chupetas ou tetinas. Se necessitar de lhe dar leite materno ou de fórmula utilize uma seringa ou copo de amamentação. Se necessitar de ajuda, consulte o seu enfermeiro de saúde materna e obstetrícia.

  • Como sei que o meu bebé está a mamar o suficiente?

    Muitas mães gostariam que a mama tivesse um doseador e que a mama fosse transparente para avaliar objectivamente a quantidade de leite que o seu filho ingere. No entanto, a natureza é sábia e como tal o bebé é que vai comandar e determinar quais são as suas verdadeiras necessidades.

    Quanto mais o bebé mamar, mais a mama da mãe vai produzir leite precioso para alimentar  o seu filho. As necessidades não são sempre as mesmas e como tal este processo é dinâmico.

    Existem, no entanto alguns sinais, que tranquilizam mães e pais relativamente às necessidades nutricionais do seu filho. Desta forma:

    • Após os primeiros dias e após o processo de subida de leite, o bebé deverá molhar cerca de seis fraldas com urina, por dia.
    • O bebé mama frequentemente, perfazendo um total de seis a dez mamadas por dia, num total de 24 horas.
    • Quando o bebé está a mamar ouve-se o bebé a engolir.
    • O bebé encontra-se a engordar, segundo a avaliação semanal com o seu profissional de saúde de referência.
    • O bebé encontra-se com aspecto saudável e reactivo aos estímulos.
  • O que devo observar para verificar se o meu bebé está a mamar correctamente?

    O posicionamento do bebé aquando da mamada é fundamental, para que possa realizar uma pega correcta:

    Desta forma, a cabeça e o corpo do bebé deverão estar bem alinhados, barriga  com a sua barriga. O queixo do bebé deverá tocar na mama

    A mãe deverá estar confortável e relaxada e deverá segurar na mama com as mãos em forma de C.

    A boca do bebé deverá estar bem aberta, observando-se a língua bem acoplada ao mamilo, com o lábio inferior voltado para fora, apanhando mais quantidade de aréola (zona  escura em redor do mamilo) em baixo do que em cima.  Consegue ouvir-se o bebé a deglutir  o leite.

    • Devo dar água ao meu bebé?

    Se estiver a fazer uma amamentação exclusivamente de leite materno não deverá dar água ou outros líquidos, como chás ao seu bebé.

    • Devo dar de mamar de duas em duas horas ou de três em três horas?

    Não deverão existir horários rígidos para alimentar o seu bebé. Deve amamentar quando o seu bebé apresentar sinais de procura. Pode acontecer de o seu bebé pedir para mamar de hora a hora, durante duas ou três mamadas e depois fazer um intervalo mais longo. Com o tempo aprenderá a conhecer o seu filho e saberá reconhecer os sinais de fome, sono e contacto físico.

    Poderão existir dias em que o seu bebé poderá requisitar mais vezes a sua mama, pois existem períodos de surtos de crescimento, em que as necessidades nutricionais aumentam. Deverá dar de mamar com a frequência que o seu bebé necessitar, pois só o estímulo de mamada irá aumentar a produção de leite materno. Quanto mais o bebé mama mais leite a sua mama vai produzir.

    • Ofereço uma mama ou as duas mamas, numa mamada?

    Deve deixar o seu bebé mamar e esvaziar uma mama, pois o leite é diferente ao longo da mamada. Assim, o leite inicial de uma mama tem maior quantidade de água e açucares e o leite do fim da mamada tem uma maior quantidade de gordura essencial para o crescimento do seu filho. Se notar que o seu bebé não ficou satisfeito poderá oferecer a outra mama, mas em princípio uma das mamas terá a quantidade de leite necessária para saciar o seu bebé.

    • Devo dar de mamar durante a noite?

    Deve dar de mamar sempre que o bebé apresentar sinais de procura. As mamadas nocturnas têm duas vantagens, pois a hormona prolactina, que interfere com a produção de leite materno, é produzida em maior quantidade durante a noite. Desta forma, está a contribuir para aumentar a produção de leite.Esta hormona que induz também  uma sensação de bem-estar e relaxamento. Assim, mesmo que esteja cansada com todos os cuidados ao seu bebé conseguirá descansar de forma mais relaxada.

    • Até quando devo manter a Amamentação?

    A amamentação exclusiva de leite materno deverá durar os primeiros seis meses de vida do seu bebé, segundo a Organização Mundial de Saúde. Após este período deverá manter a amamentação como complemento até, pelo menos, aos dois anos de idade.

O Bebé

Sono

Choro

Cólicas

Amamentação

Banho

Galeria